A CNESE (Comissão Negocial integrada pelo SEP e pelo SERAM) solicitou ontem uma reunião de caráter urgente junto da nova equipa do Ministério da Saúde.

Na Carta oficial pode ler-se o seguinte:

“No dia 13 de março de 2018 foi estabelecido, entre os Ministérios da Saúde e das Finanças em representação do Governo, representantes das Instituições EPE e a Comissão Negociadora Sindical dos Enfermeiros/CNESE (que integra o Sindicato dos Enfermeiros Portugueses/SEP e o Sindicato dos Enfermeiros da Região Autónoma da Madeira/SERAM), o “Protocolo Negocial” relativo à revisão da Carreira de Enfermagem.

O Governo, apenas na primeira quinzena de setembro, inadmissivelmente, é que apresentou a sua proposta negocial que, de forma inqualificável, não materializa o compromisso constante do objecto negocial inserto no referido Protocolo Negocial.

A “proposta” do Governo foi “rechaçada” pela CNESE, a qual decretou três Greves para o mês de outubro: dias 10 e 11, 16 e 17 e 18 e 19 de outubro.

Entretanto, a reunião negocial agendada para o dia 4 de outubro foi reagendada para o dia 12 de outubro, não tendo o Governo entregue nova proposta.

Neste quadro, somos a solicitar a marcação de uma reunião conjunta, de carácter urgente.”

Os enfermeiros aguardam por resposta, com a máxima urgência.